' ERROS E ACERTOS - BRASIL DE 1500 À 2018 '



UMA BREVE PESQUISA SOBRE O BRASIL-

O BRASIL QUE EU QUERO PARA O FUTURO!
NÃO CONHECEMOS – VERDADEIRO BRASIL
O Brasil deveria ser respeitado pelas suas histórias, onde até que eu sei, antes dos colonizadores, existia povos e culturas que habitavam nestas terras, e que deram origem a nossa língua e costumes. Quando o famoso barco de, Pedro Álvares de Cabral em 1500, atracou no meio mar , avistou terras de “Vera Cruz”, na verdade ele avistou pessoas, e tudo o que nela existia, e em muitos livros de histórias, a versão que é passada aos alunos do cara Branco, de roupas bem apresentável, com grandes Caravelas e soldados, encontrou as terras de “Vera Cruz”, que depois passou a ser chamar Brasil e aqui decidiu ficar, próximo à região de Porto Seguro, no Estado da Bahia. Será que foi tão simples assim?

“Quem vem primeiro, o indivíduo ou a Sociedade? Os indivíduos moldam a sociedade ou a Sociedade molda os indivíduos? Em poucas palavras, podemos dizer que indivíduos e Sociedade fazem parte da mesma trama, tecida pelas relações Sociais. Não há separação entre eles.”
Sociologia para o Ensino Médio/Nelson Dacio Tomazi – 2.ed. -São Paulo: Saraiva 2010
Se em 1500, Pedro Álvares de Cabral, pisou em terras Brasileiras, em 1498 o Navegador Duarte Pacheco Pereira á mando do, Dom Manuel I - Rei de Portugal, direcionou uma expedição a Oeste do Atlântico Sul e chegaram aos Atuais Estados do Amazonas e Maranhão. A notícia foi mantida em segredo até segunda ordem, devido à concorrência dos Espanholas em conquistar terras na América do Sul.

Com a Disputa de terras entre Espanha e Portugal, surgiu o tão famoso tratado de Tordesilhas, onde se foi delimitado os espaços. Esse acordo firmou-se em 04 de junho de 1494, e ganhou este nome pois, foi assinado na Cidade Espanhola de Tordesilhas. O Acordo tinha como o objetivo de resolver os conflitos territoriais relacionados às terras descobertas no final do Século XV.
De Acordo com o Tratado, uma linha imaginária a 370 léguas de Cabo Verde Serviria de referência para a divisão das terras. A Oeste ficou para Espanha, enquanto a Leste eram de Portugal.

Podemos dizer que esse tratado serviu para as divisões aqui no Brasil, e o Tratado de Tordesilhas deixou de vigorar em 1750, com a assinatura do Tratado de Madri, onde as Coroas Portuguesas e Espanholas, estabeleceram novos limites de divisão territorial para suas colônias na América do Sul. Esse Acordo acabaria com as disputas entre os dois países, já que o tratado de Tordesilhas não foi respeitado por ambas partes.

Afinal, o que esse povo todo veio fazer aqui, já que a Índia, fornecia especiarias. Essa integração do território Brasileiro no Sistema econômico Mercantilista. Na Carta de Pero Vaz de Caminhos, ele relata índios e tudo o que ele conseguiu observar nos dias em que ele esteve aqui; "Ali veríeis galantes, pintados de preto e vermelho, e quartejados, assim pelos corpos como pelas pernas, que, certo, assim pareciam bem. Também andavam entre eles quatro ou cinco mulheres, novas, que assim nuas, não pareciam mal. Entre elas andava uma, com uma coxa, do joelho até o quadril e a nádega, toda tingida daquela tintura preta; e todo o resto da sua cor natural. Outra trazia ambos os joelhos com as curvas assim tintas, e também os colos dos pés; e suas vergonhas tão nuas, e com tanta inocência assim descobertas, que não havia nisso desvergonha nenhuma. Todos andam rapados até por cima das orelhas; assim mesmo de sobrancelhas e pestanas. Trazem todos as testas, de fonte a fonte, tintas de tintura preta, que parece uma fita preta da largura de dois dedos. Mostraram-lhes um papagaio pardo que o Capitão traz consigo; tomaram-no logo na mão e acenaram para a terra, como se os houvesse ali. Mostraram-lhes um carneiro; não fizeram caso dele. Mostraram-lhes uma galinha; quase tiveram medo dela, e não lhe queriam pôr a mão. Depois lhe pegaram, mas como espantados. Deram-lhes ali de comer: pão e peixe cozido, confeitos, fartéis, mel, figos passados. Não quiseram comer daquilo quase nada; e se provavam alguma coisa, logo a lançavam fora. Trouxeram-lhes vinho em uma taça; mal lhe puseram a boca; não gostaram dele nada, nem quiseram mais. Trouxeram-lhes água em uma albarrada, provaram cada um o seu bochecho, mas não beberam; apenas lavaram as bocas e lançaram-na fora. Viu um deles umas contas de rosário, brancas; fez sinal que lhas dessem, e folgou muito com elas, e lançou-as ao pescoço; e depois tirou-as e meteu-as em volta do braço, e acenava para a terra e novamente para as contas e para o colar do Capitão, como se dariam ouro por aquilo."CAMINHA, Pero de Vaz.

OS ÍNDIOS NO BRASIL
A violência, Doenças, trabalho escravo, foi o que aquele Povo indígena sofreu em 1500, com a chegada dos Portugueses e continuou nos anos seguintes. Vítimas das Doenças trazidas pelos Europeus e do trabalho forçado, muitos morreram e perderam grandes parte de suas terras tradicionais e foram obrigados a se refugiar em locais mais distantes da faixa litorânea. Se você não sabe, os índios foram a principal mão de obra utilizada pelos Colonos até o século XVIII.
Com o avanço da dependência do Brasil, a violência contra os indígenas e o avanço sobre as terras, foram características da expansão da lavoura cafeeira, construção de vias férreas, a exploração da madeira e do minério, sem esquecer a ampliação da fronteira agrícola. Com tantos problemas que atingiam aquele povo, o IBGE – instituto Brasileiro de Geografia, afirma que ainda existem cerca de 815 mil índios no Brasil, distribuídos em povos, eles vivem nas regiões Norte e Centro – Oeste . O povo lutou pelos seus direitos às terras e preservaram suas tradições até hoje.

Em algumas comunidades indígenas á computadores, roupas, algumas crianças vão a escolas, outros se formam, mas nem um deles esquecem as suas raízes e mantém viva por anos e anos. Antes de falarmos de Brasil, temos que falar sobre índios, Culturas, e tudo aquilo que os rodeiam, para entendermos o que de fato aconteceu, já que só temos registros históricos, mas o que de fato é importante para nos é saber respeitar.

Não posso afirmar nada, mas todos os Brasileiros possuem características Europeias e Indígenas, já que só navegavam Homens, e aqui passavam anos em exploração terrestre, e mulheres eram oferecidas aos navegantes. É tudo lógica, como eu não tenho provas históricas, não posso confirmar nada, deixo no ar o meu raciocínio.

Entendemos então que o Brasil não foi Descoberto e sim povoado, aqui tornou-se uma rota de comercialização, escravidão, dor e sofrimento para o que estava aqui, e tudo isso se resume em Poder e Terras, que podemos presenciar nos dias atuais, nada mudou, o Brasil ainda é explorado e nada é mudado. Percebo que querem tanto do Brasil e esquecem de quem ele realmente é; não vivemos em uma sociedade Desenvolvida, pelo contrário, nada mudou de 1500 a 2018. Algumas leias foram implementadas, mais no fundo, no fundo será mesmo?
Percebo também que acabaram com as ferrovias, esqueceram o nosso petróleo, acabaram com a agricultura; pense por um segundo, se O Brasil foi tão disputado a 500 anos atrás, será que não existia nada aqui? Era uma terra vazia? O filme é o mesmo, só mudam o nome, escravidão e exploração, esse ano é de Eleição, quem será o próximo a vender o Brasil por um preço mais baixo e disser que é Crise, vai ser eleito? Vai saber, pode ser eu ou você, pelo simples fato de negar suas origens e costumes.

‘A VILA DE SÃO VICENTE’ – BRASIL COLÔNIA
Colônia – Grupo de Compatriotas que se estabelecem fora do seu país; Povoação feita por Colonos;

No Período de 1530 a 1822, o Brasil se Tornou Colônia de Portugal. Neste momento o Governo português enviou ao Brasil a Primeira expedição colonizada por Martim Afonso de Souza, e, 1532 ele fundou o primeiro núcleo de povoamento, a vila de São Vicente, no Litoral do Atual estado de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.